Home / News / Energia Elétrica e custo na informática!

Energia Elétrica e custo na informática!

Energia Elétrica e custo na informática!

Energia Elétrica e custo na informática! O custo da energia elétrica há muito deixou de ser irrelevante, hoje com as tarifas VERMELHAS, este custo se torna importante. É uma commodities, mas regulamentada por políticas de governo, flutuam de acordo com as percepções deste agente. Aliado a condição da influência de cada governo, ainda estamos em uma crise hídrica. Crise que acaba causando menos geração energia através das hidroelétricas e mais das termoelétricas. As termoelétricas tem um custo alto, tanto pela recurso do combustível necessário, como pela condição de contratação em regime de urgência.

Como a energia influencia a informática? O contexto de TI justifica todo um aparato de equipamentos, de alto consumo elétrico. A condição se agrava, pois em ambientes menores, criamos mais demandas que necessariamente precisamos. Desperdiçamos recursos com investimentos mal planejados!

Criamos mais demandas que necessariamente precisamos!

O custo de manutenção com Ar Condicionado, pois os servidores são de alto poder de processamento e precisam estar ligados 24 horas por dia, durante toda a semana. Ainda precisamos ter Backup de Servidores, Contingência para Energia com Baterias e até as condições de fornecimento de energia para as estações e ativos de rede.

Mas, a influência que neste caso é negativa, pode ser um acelerador para a Transformação Digital. Diante de uma condição de escassez de recursos e custos elevados para operacionalizar, existem alternativas que podem ser planejadas.

Pode ser um acelerador para a Transformação Digital!

Energia Elétrica e custo na informática!

Energia Elétrica e custo na informática!

Energia elétrica pode ser um custo positivo, um acelerador, para transformação digital! A Transformação Digital vem quebrando paradigmas e conceitos há muito implementados. O que antes só se pensava como patrimônio, ou seja, um ativo contábil, agora pode ser contratado como serviço.

Energia elétrica pode ser um custo positivo e um acelerador para transformação digital

Exemplo desta transformação que chega a todos de alguma forma, sendo assim fácil de ser entendido:

  1. UBER (Transformação de um Ativo Contábil de se ter um carro para simplesmente, acionar e ter um serviço de motorista, transformação digital de um produto em serviço sobre demanda)
  2.  CLOUD (Transformação de um Ativo Contábil de se ter um Servidor para uma contratação de espaço sobre demanda, elástico, customizado, contratando ou descontratando de acordo com o consumo ou necessidade)

Para determinadas aplicações, a demanda não é ter, mas consumir um serviço. Uma condição que antes da INTERNET nem sempre era possível, esta tecnologia disponibilizou NOVAS condições.

Como isto pode IMPACTAR na redução do custo da Energia Elétrica:

A contratação de um ambiente CLOUD pode reduzir custos de manutenção de ambiente refrigerado.

A contratação de um ambiente CLOUD pode reduzir custos com a compra de um servidor e nobreak. O que se comprava com muita folga, para funcionar por aproximadamente CINCO ANOS ou mais, agora pode ser contratado com os recursos para AGORA, sem nenhum custo de seguro para garantia de anos de disponibilidade.

O custo de Backup estará desta forma em CLOUD, reduzindo em muito a infraestrutura interna. Sem um CPD, o custo de energia elétrica com a informática, será bastante reduzido. As estações estão ligadas enquanto os usuários estão trabalhando, uma vez que o expediente encerra, tudo pode ser desligado.

A Transformação Digital pode ir mais:

A tecnologia de Virtualização (VMWARE ou HyperV – Microsoft) pode melhorar a usabilidade dos Servidores.

  • Com o servidor virtualizado, a VM deixa de participar da camada de hardware, podendo ser migrada para qualquer plataforma, gerando um ganho na recuperação em caso de desastre;
  • Com o servidor virtualizado, pode-se utilizar mais dos recursos adquiridos, que normalmente são comprados com muita folga para sobreviverem por muitos anos, sem necessidade de recompra;
  • Com o servidor virtualizado, poderá ser trabalhado, em sazonalidades, aumento ou redução de recursos, criando entendimento no serviço de demanda.

A tecnologia de Backup na Nuvem, reduz a necessidade de equipamentos e sistemas, otimizando custos para um processo de grande importância na Segurança da Informação.

  • A solução demanda contratação de espaço na nuvem e implementação do cliente de UPload ou eventualmente trabalho de DownLoad;
  • Não justifica compra de Hardware, Cartuchos e ações diretas, inclusive consumo de energia em condição local.

Seja por qual motivo for, vale sempre buscar soluções baseadas na Transformação Digital. Quando falamos de custo de energia, existem alternativas inovadoras. Estamos operacionalizando a condição de Segurança e Eficiência de Energia.

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *