Home / News / Como sobreviver a um furacão: Harvey e Irma, na era digital

Como sobreviver a um furacão: Harvey e Irma, na era digital

Como sobreviver a um furacão: Harvey e Irma

O post que acabei de ler, remete a condição da violência da Natureza e a capacidade de sobrevivência. “Como sobreviver a um furacão: Harvey e Irma?”, inauguram a era do ‘salvamento digital’. A tecnologia unida a comunicação, facilitou a ajuda, a recuperação e a motivação social focada no objetivo de apoiar. É interessante e boa de ser multiplicada. O salvamento digital, remete a condição de como utilizar os recursos da era digital e da Transformação Digital.

A Rede Social facilita a comunicação. As hashtag´s podem interagir na rede e facilitar ainda mais a propagação das notícias.

Mas, estamos falando de transformação digital. Assim, sem mudar o tom da Sobrevivência, avalie uma recuperação sem contingência! Pois é, o post é interessante, mas o foco do nosso News INDICCA é a informação e achei que valia ponderar sobre a contingência, backup, e outras medidas de segurança.

Como sobreviver se tudo está destruído?

  • A água tomou conta de tudo e não existe mais computador;
  • Por questões do vento ou de abalo mecânico, (Terremoto) tudo ruiu;

A recuperação demanda sempre colocar as pessoas em condições de retomar suas vidas. Criar condições de estarem não apenas sobrevivendo, mas vivendo. Retomando as rotinas de acordar, trabalhar, retornar para suas casas. As crianças voltando a escola e a vida se normalizando. 

E se a informação que garante tudo isto não estiver em condição de ser recuperada? Se os equipamentos que foram perdidos, não estiverem copiados em outro ambiente? Além de recuperar a condição de trabalho, haverá uma demanda der retrabalho para recuperar o que foi perdido.

Como sobreviver a um furacão: Harvey e IrmaComo sobreviver a um furacão: Harvey e Irma

A sobrevivência vai depender de apoio, de suporte, de restaurar as condições de retomar a vida. Para isto, a conexão que temos via Smartphone é fantástica e surpreende. As pessoas via rede social, se mobilizam, doam coisas, tempo e energia. A contingência é utilizada a partir do armazenamento ou de disponibilidade de outras pessoas. A condição de poder ajudar, diante de uma catástrofe, acontece de forma natural e motivada pela comunicação On Line na internet.

Mas nem tudo pode ser oferecido pelo armazenamento de outros. Comida pode ser oferecida de outra região, que não sofreu as ações da natureza. Roupas também podem ser substituídas. Reformas de casas, podem ser trabalhadas, doando material e mão de obra.

A informação não tem como ser recuperada a partir de outros armazenamentos. Se não foi feito como Contingência a falhas, somente o retrabalho poderá recuperar, com perda de tempo. A recuperação será ainda mais demorada, se não houver tempo hábil para que aconteça.

Veja as diccas do que deve ser feito!

  • Cópia de segurança dos dados;
  • Cópia do ambiente inteiro, imagem do servidor ou da estação;
  • Cópia armazenada em outro local, garantindo melhor gerenciamento do Risco;
  • Ter um plano de recuperação, escrito e treinado, de forma a não apresentar falhas, reduzindo assim, o tempo de recuperação;

Não adianta buscar ajuda depois do ocorrido. 

Não adianta fazer uma cópia no mesmo equipamento. Se ele falhar, os dados e a cópia serão perdidos.

Não adianta ter a cópia armazenada junto do equipamento de trabalho, uma falha que comprometa o ambiente, com toda certeza irá comprometer a cópia;

Não adianta ter tudo pronto e não ter um plano de recuperação onde várias pessoas estão treinadas para executá-lo. O improviso é um fator de risco que compromete o tempo de recuperação, se não comprometer a recuperação em si.

Solução de Recuperação Indicca (1)Esteja preparado para recuperação! Avalie fazer o backup na nuvem, ou ter um processo automático de cópia de segurança com armazenamento externo.

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *